Menu

Orientações de segurança escolar para o ano letivo 2021/2022

A Direção-Geral da Saúde (DGS) atualizou o referencial para as escolas. Conheça as novas medidas a adotar no próximo ano letivo 2021/2022:

Orientações de segurança escolar para o ano escolar 2021/2022

A Direção-Geral da Saúde (DGS) publicou esta semana as novas medidas para o controlo de transmissão em contexto escolar. Regras como o uso obrigatório de máscara mantém-se para crianças e jovens a partir dos 10 anos de idade, sendo, contudo, fortemente recomendado também para alunos do 1º ciclo.

Um modelo de testagem inicial, a cargo da área governativa da Educação, pretende identificar casos de Covid-19 no pessoal docente e não docente, bem como em alunos do 3.º ciclo do ensino básico e do ensino secundário, de modo a prevenir possíveis cadeias de contágio.

Abaixo deixamos as medidas principais do novo “Referencial Escolas – Controlo da transmissão de COVID-19 em contexto escolar”:

 

  1. Regras de utilização de máscara:
  • A máscara comunitária certificada ou máscara cirúrgica deve ser utilizada por qualquer pessoa com 10 ou mais anos de idade, e, no caso dos alunos, a partir do 2.º ciclo do ensino básico;
  • A utilização de máscara comunitária certificada ou máscara cirúrgica é fortemente recomendada para as crianças do 1.º ciclo do ensino básico, independentemente da idade;
  • A utilização de máscara deve ser sempre adaptada à situação clínica de cada pessoa, casos como: perturbação do desenvolvimento ou do comportamento, insuficiência respiratória, imunossupressão, ou outras patologias, devem ser tidos em conta e avaliados por um médico.

 

  1. Operação de testagem

De forma a evitar cadeias de transmissão, sendo que mesmo pessoas vacinadas podem ser um meio de contágio do vírus, a DGS implementou um período de testagem em ambiente escolar, nas primeiras semanas do ano letivo 2021/2022.

  • Fase 1 - Pessoal Docente e Não Docente (06 a 17 de setembro);
  • Fase 2 - Alunos do ensino secundário (20 de setembro a 01 de outubro);
  • Fase 3 – Alunos do 3.º ciclo (04 a 15 de outubro).

 

  1. Medidas de prevenção gerais para toda a comunidade escolar

Para o ano letivo 2021/2022 a DGS recomenda medidas específicas a serem tidas em conta pela comunidade escolar de todo o território nacional:

  • Permanecer em casa perante quaisquer sinais e/ou sintomas de doença: tosse de novo ou agravamento do padrão habitual; febre e (temperatura corporal ≥ 38,0ºC); dificuldade respiratória/dispneia; perda completa do olfato (anosmia); falta completa do paladar (ageusia) ou distorção persistente do paladar (disgeusia).
  • Utilizar máscara, de acordo com a Orientação n.º 005/2021 da DGS: utilização de máscara comunitária certificada ou máscara cirúrgica por qualquer pessoa com idade igual ou superior a 10 anos de idade, em espaços interiores ou exteriores; utilização de máscara comunitária certificada ou máscara cirúrgica é muito recomendada em crianças com idade entre 6 e 9 anos; utilização de máscara em crianças com idade inferior a 5 anos não é recomendada.
  • Manter o distanciamento social recomendado entre pessoal docente, não docente e alunos. Em contexto de sala de aula manter, pelo menos, 1 metro de distância entre os alunos e alunos/docentes;
  • Lavar (com água e sabão) ou desinfetar as mãos (com produto biocida desinfetante do tipo 1);
  • Cumprir a etiqueta respiratória;
  • Limpar e desinfetar adequadamente as superfícies e espaços;
  • Fornecimento de uma boa ventilação dos espaços, de preferência natural (janelas e portas);
  • Cancelar todas as atividades em espaço fechado, que não sejam fundamentais, privilegiando atividades ao ar livre;
  • Manter uma comunicação empática e aberta, de forma a promover o envolvimento de toda a comunidade escolar na adoção das medidas.

 

A note! deseja-te um excelente Regresso às Aulas, sempre em segurança.