Menu

Snacks saudáveis e fáceis para levar para a escola

69% das crianças e 66% dos adolescentes portugueses não atingem a recomendação diária de consumo de fruta e hortícolas. Neste artigo temos sugestões de snacks saudáveis com elevado valor nutricional, ideais para os dias de estudo:

Snacks saudáveis e fáceis para levar para a escola

Atualmente existem cerca de 30% das crianças, com idades compreendidas entre os 6 e os 9 anos de idade, com peso superior ao esperado, incluindo casos de obesidade. Cerca de 18% dos jovens adolescentes, numa faixa etária entre os 11 e os 15 anos de idade, apresentavam em 2018 a prevalência de excesso de peso.

O último Inquérito Alimentar Nacional demonstrou que estes casos tinham maior impacto em crianças e adolescentes com hábitos alimentares menos equilibrados e variados. Num sentido geral, sabe-se que 69% das crianças e 66% dos adolescentes não atingem a dose diária recomendada (400g) de fruta e hortícolas recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Os snacks que as crianças e os adolescentes levam para a escola são de extrema importância, pois ajudam a repor energias e a concentração necessária durante as aulas e restantes atividades. Se os lanches forem saudáveis está-se a assegurar que os alunos conseguem manter-se saciados, ao mesmo tempo que ingerem vitaminas, fibras, hidratos e proteínas necessários.  

Segundo a Direção-Geral da Saúde, os snacks dos jovens estudantes devem ser uma prioridade dos pais, durante o ano letivo 2021/2022, na medida em que:

  • Representam 25% da ingestão energética diária das crianças e jovens;
  • Habitualmente os produtos consumidos como snacks têm sempre pouco valor nutricional (e.g. bolachas, refrigerantes, entre outros);
  • Uma dieta equilibrada e saudável detém um papel fundamental no desenvolvimento cognitivo do estudante e no seu rendimento escolar;
  • As crianças passaram a adotar comportamentos alimentares menos saudáveis, durante a interrupção das atividades letivas presenciais, sendo uma questão que se deve reverter.

Assim, de forma a prevenir falhas nutritivas nos snacks que os alunos levam para a escola, as suas famílias devem planear semanalmente, ou mensalmente, os produtos que devem adquirir para preparar lanches rápidos, com sabor e qualidade nutricional.

 

Alimentos que devem estar incluídos nos snacks

  • 1 porção de leite e derivados (200ml de leite ou bebida vegetal; 1 iogurte sólido; 1 fatia fina de queijo);
  • 1 porção de furta (cerca de 100 a 150g);
  • 1 porção de cereais e derivados (e.g. pão de mistura, pão escuro, flocos de aveia);
  • 90 a 100g de hortícolas crus ou 45 a 50g de hortícolas cozinhados;
  • Frutos gordos e oleaginosos (e.g. amêndoas, nozes, manteiga de amendoim);
  • Cerca de 80g de leguminosas cozinhadas.

 

Snacks saudáveis e fáceis de preparar? Temos dicas para si!

  • Taça de leite meio-gordo, bebida vegetal (e.g. soja, aveia, amêndoa) ou iogurte com flocos de aveia, frutos vermelhos (e.g. mirtilos, framboesas, morangos) e um fio de mel;
  • Sandes com pão de mistura com queijo, alface/rúcula, pepino, tomate e ovo cozido;
  • Papas de aveia com frutas de época, manteiga de amendoim e frutos secos;
  • Taça com fruta cozida ao vapor e uma pitada de canela (e.g. maçã, pera);
  • Palitos de cenoura, pepino e aipo com húmus tradicional ou húmus de beterraba;

Encontra as receitas destas sugestões aqui:

  • Sandes com pasta de grão (húmus) e hortícolas;
  • Brigadeiro de maçã;
  • Panquecas de pera;
  • Muffins de requeijão e espinafres;
  • Brigadeiro de batata-doce e atum;
  • Bolachas de banana e aveia
  • Barrita de cereais caseira.

De forma que as crianças e os jovens se sintam entusiasmados com estas novas estratégias alimentares adotadas na sua dieta diária na escola, é importante que os pais os envolvam no processo e demonstrem como comida saudável pode ser muito saborosa e divertida de preparar. Assim, de modo a valorizem e apreciarem estes snacks saudáveis devem:

 

A note! trata e tem tudo!