Menu

Plano Nacional de Leitura: livros que te vão surpreender

Sugestões de literatura, recomendadas pelo PNL, que vão ajudar os estudantes a manter as suas rotinas de leitura durante o período escolar.

Plano Nacional de Leitura: livros que te vão surpreender

O Plano Nacional de Leitura tem como objetivo pensar no desenvolvimento educativo e enriquecimento cultural dos jovens estudantes, tendo como prioridade o ato da leitura frequente. Crianças, jovens (e até adultos) são convidados a ler autores e histórias específicas recomendadas pelo PNL 2021-2027. Sugestões literárias que pretendem valorizar o livro e a sua narrativa, a leitura propriamente dita, bem como a experiência pessoal associada.

Deixamos assim a sinopse de alguns livros que vão surpreender o leitor, desde miúdos e a graúdos:

 

“Os Maias”, de Eça de Queirós

Leitura recomendada no 11.º ano de escolaridade. Na pequenez da Baixa e do Aterro, onde todos se acotovelam, os dois fatalmente se cruzam: e com o seu brilho pessoal, muito fatalmente se atraem! Há nada mais natural? Se ela fosse feia e trouxesse aos ombros uma confeção barata da Loja da América, se ele fosse um mocinho encolhido de chapéu-coco, nunca se notariam e seguiriam diversamente nos seus destinos diversos. Assim, o conhecerem-se era certo, o amarem-se era provável… Nem só das histórias de amor dos Maias vive o romance mais completo e brilhante de Eça de Queirós. É também uma verdadeira crónica de costumes, retratando, com rigor fotográfico e muito humor, a sociedade lisboeta da segunda metade do século XIX.

 

“Ali Babá e os Quarenta Ladrões”, Luc Lefort

Leitura recomendada para o 6.º ano de escolaridade. Naquela manhã, como em todas as manhãs que lhe foram dadas por Alá, Ali Babá andava a cortar lenha na montanha. De súbito, aparece no horizonte uma nuvem de poeira, aproxima-se uma caravana de quarenta ladrões e o pobre lenhador esconde-se numa árvore. Como podia ele ter imaginado que esse gesto simples de prudência iria mudar a sua vida, fazer com que o sangue e a violência entrassem na sua casa? É que do seu esconderijo, Ali Babá descobre um segredo fabuloso: as palavras mágicas que dão acesso ao tesouro dos bandidos...

 

“O Gigante Egoísta e o Príncipe Feliz”, Oscar Wilde

A leitura de um destes contos é obrigatória para o 4.º ano de escolaridade. Estes dois contos revelam-nos o valor da partilha através de duas figuras únicas: um gigante que tinha um belo jardim, mas que, por ser muito egoísta, não deixava ninguém brincar nele; um príncipe feito estátua coberta de ouro e pedras preciosas que, apesar de ser feliz, se comove com o sofrimento dos homens, optando por se despojar pouco a pouco da sua riqueza.

 

“Ulisses”, Maria Alberta Menéres

Leitura recomendada para o 6º ano de escolaridade. Foi Homero, poeta grego, quem contou no seu livro Odisseia as façanhas de Ulisses, rei de Ítaca, adorado por todos os que o conheciam. Muitas e estranhas foram as viagens que fez à volta do mundo de então e de si próprio. A sua fama correu de boca em boca e todos o consideravam como o mais manhoso dos mortais e o mais valente marinheiro. Grande parte da sua vida, passou Ulisses navegando de aventura em aventura, por entre Ciclopes e Sereias encantatórias ou tentando libertar-se da misteriosa Feiticeira Circe para regressar à sua fiel Penélope. Diz-se que, nesses tempos de antigamente, não houve homem que mais sofresse e mais feliz fosse do que o espantoso Ulisses.

 

“Aquilo que os Olhos Veem ou o Adamastor”, Manuel António Pina

Leitura recomendada para o 8.º ano de escolaridade. Numa história com sabor a mar, Manuel António Pina traz-nos a aventura de Manuel, um corajoso rapaz que tudo fará para proteger o seu pai… incluindo enfrentar o gigante Adamastor! Atreve-te a conhecer este enredo, no qual se misturam a realidade e a imaginação, o fantástico e o terrível, e que te surpreenderá até à última página.

 

“A Viúva e o Papagaio”, Virginia Woolf

Leitura obrigatória no 5.º ano de escolaridade. A Viúva e o Papagaio Imprevisível, divertido e inteligente, este conto acompanha a aventura da Sra. Gage, uma velha viúva que descobre uma herança inesperada com a ajuda de um papagaio invulgar. "Não está ninguém em casa!", "Não está ninguém em casa!" é só o que o papagaio James sabe dizer, mas ele esconde um segredo, assim como esta história esconde uma lição…

 

“O Principezinho”, Antoine de Saint-Exupéry

Uma história intemporal destinada a todas as crianças: as que ainda o são, as que já o foram um dia e as que nunca deixarão de o ser. Uma edição que, pela primeira vez em Portugal, fixa texto e ilustrações de acordo com a edição original de 1943.

 

Dicas para ler mais e melhor, durante o período escolar

  • Ler livros mais curtos, por exemplo livros de bolso ou pequenos contos;
  • Guarda, pelo menos 1 hora, do teu dia para te dedicares à leitura. Pode ser antes de dormir, durante a pausa de almoço, ao acordar, entre outros;
  • Ler livros com amigos, por exemplo criar desafios ou um pequeno Clube de Leitura.

 

A note! trata de tudo!