Menu

Dia de Reis: 8 novidades literárias para ofereceres a ti mesmo

Celebramos o Dia de Reis com uma seleção de recentes lançamentos. Descobre a nossa gama!

Dia de Reis: 8 novidades literárias para ofereceres a ti mesmo

Não é apenas de ouro, mirra e incenso que se faz o Dia dos Reis. Nesta data especial oferece uma prenda a ti mesmo, temos 8 novidades literárias que destacamos neste artigo, e centenas de outras opções em www.noteonline.pt ou numa loja note! perto de ti.

Lê as sinopses destas fantásticas obras e escolhe aquele livro que mais se adequa ao teu gosto literário e que ainda não tens na tua estante:

1. “Se Tem Sangue” de Stephen King

As novelas de Stephen King têm um lugar muito especial no corpo literário do autor, ficção curta, mas igualmente impressionante, histórias que permanecem com o leitor muito tempo depois de terminada a leitura.

Para o Dia de Reis, porque não te aventurares em mais um enredo de Stephen King, repleto de mistério? Se um dos grandes temas de King é a ideia do Mal, há dele quanto baste no livro “Se Tem Sangue”; mas também o seu oposto, que na ficção do autor se manifesta muitas vezes através da amizade.

King recorda-nos que os prazeres do quotidiano são ainda mais gloriosos porque são fugazes, fugindo muitas vezes aos nossos olhos após o deslumbramento.

É nestes momentos das narrativas que o mérito literário de Stephen King, para descrever a alegria mais pura, só encontra rival no mérito literário que exibe quando nos quer verdadeiramente assustar.

Adquire já!

 

2. “A Lenda do Belo Soldado” de Margarida Rebelo Pinto

Margarida Rebelo Pinto recria uma personagem apaixonante e corajosa, anterior à fundação de Portugal. Reza a lenda que um belo e misterioso soldado seguiu o guerreiro Viriato, desde o início da luta contra os romanos até ao último dia da sua vida.

Conta-se que o Belo Suldório, ao ver o chefe imolado na pira, revelou a sua verdadeira identidade e saltou para as chamas, unindo o seu destino ao do herói luso. O nome do bravo soldado perdeu-se no tempo. Neste romance, a história ganha outra vida. Portugal é um país rico em estórias e mitos. Inspirada nas nossas raízes, a autora convida-te a uma viagem aos idos tempos da Lusitânia, exaltando a eterna força e determinação femininas, num romance original e surpreendente.

Adquire já para o teu Dia de Reis

 

3. “Obscuritas” de David Lagercrantz

Uma sugestão para o Dia de Reis onde nada é o que parece.

Estamos no verão de 2003 e os Estados Unidos acabaram de invadir o Iraque. Em Estocolmo, um árbitro de futebol de origem afegã é assassinado. Giuseppe Costa, o pai de um dos jogadores, é preso pelo crime. No entanto, Costa insiste na sua inocência e a Polícia decide consultar o Professor Hans Rekke, um especialista em técnicas de interrogatório reconhecido mundialmente. Mas nada acontece como era esperado.

Com um admirável raciocínio, Rekke descarta por completo a investigação preliminar, fazendo desmoronar todo o caso. Costa é libertado e a Polícia não sabe que caminho seguir. Contudo, Micaela Vargas, uma jovem agente entretanto afastada do processo, não baixa os braços e volta a procurar o Professor, porém ele não atende nem retribui as suas chamadas.

Uma circunstância insólita e dramática, contudo, juntará uma vez mais esta dupla singular, agora decidida a retomar o enigmático caso que acaba por conduzi-los a uma caça ao terrorista levada a cabo pela CIA e à guerra dos talibãs contra a música.

Compra já!

 

4. “Primeira Pessoa do Singular” de Haruki Murakami

Um livro de contos que te vai fazer repensar os limites entre a imaginação e o mundo real. Personagens fantásticas em cenas de amor de adolescência, evocados com serena nostalgia, jovens vistas apenas pelo canto do olho, críticas sobre discos de jazz desconhecidos, um poeta amante de basebol, um macaco que trabalha como massagista nas termas e que fala como gente grande, um velhote que disserta com ar de entendido sobre um círculo com vários centros.

Deixa-te levar por uma seleção de contos para o Dia de Reis, com um narrador na primeira pessoa que, por vezes, poderia muito bem ser o próprio Murakami. Estamos diante de um livro de memórias, de relatos com pinceladas autobiográficas ou de um livro exclusivamente de ficção? Como sempre, o trabalho de Murakami raras vezes encaixa numa categoria única e singular.

Compra este icónico livro.

 

5. “Ao Pôr do Sol” de Nora Roberts

Bodine Longbow é uma mulher atarefada. Sendo a gestora do rancho da família no Montana, os seus dias precisam de mais horas - para a vida, para o trabalho, para os que lhe são mais queridos. E certamente não tem tempo para o amor, mesmo se ele for personificado na sua paixão de adolescência, Callen Skinner, que está de regresso ao rancho… e que há anos partiu o coração de Bodine.

No entanto, a descoberta do cadáver de uma rapariga vai testar a confiança de Bodine, já que Callen se torna no principal suspeito. O homicídio traz de volta dolorosas recordações de Alice, a tia de Bodine, que reaparece inesperadamente vinte e cinco anos depois. A história perturbadora que ela tem para contar sobre o passado - e a ameaça que a persegue - vai testar os laços desta família e empurrar Bodine para um território sombrio e devastador, do qual poderá ser impossível regressar.

Este é o regresso da “escritora favorita da América”, segundo mencionado pelo The New York Times

Adquire aqui!

 

6. “O Caçador de Elefantes Invisíveis” de Mia Couto

Um livro, cujo nome também pertence também a um dos contos antologiados que a revista Visão vem publicando mensalmente. Uma obra de estilo sóbrio e preciso, com temas vários e diversos, num lugar donde o autor vê o mundo e o retrata neste livro é tão amplo que nele cabe tudo.

Desde a história de um um velho pobre que recebe em casa um enfermeiro, em serviço de rastreio da covid 19, até à a conversa das estátuas que descem dos seus pedestais para conversarem sobre os males e os equívocos deste mundo. Estas e muitas outras histórias com personagens e cenas que não te sairão tão cedo da memória.

Compra já

 

7. “Nunca” de Ken Follet

Neste Dia de Reis, aposta no regresso de mais um emocionante thriller do autor Ken Follet: uma história cheia de ação, que percorre quase todo o globo e se passa nos nossos dias.

“Temos de acabar com isto antes que a situação se descontrole. É assim que têm início as catástrofes, com um pequeno problema que não é tratado”, quem o diz é Pauline Green, o presidente dos Estados Unidos da América. Há quem tente tudo por tudo para evitar o início de uma nova guerra mundial: uma jovem espia; um agente infiltrado entre os jiadistas; um brilhante espião chinês; e a própria Pauline, que está sob o ataque de um candidato populista que a quer derrotar nas próximas eleições.

Povoado de heroínas e vilões, falsos profetas e soldados de elite, políticos cansados e revolucionários oportunistas, esta é uma história que nos transporta para o centro de uma realidade inimaginável. E se isto pudesse mesmo acontecer?

Adquire aqui

 

8. “Naquele Dia” de Blanka Lipinska

Uma história de erotismo, luxo desmedido e lutas de poder que nunca nos esqueceremos. A relação entre Massimo e Laura torna-se cada dia mais apaixonada e sensual. A vida de ambos parece um conto de fadas, não há sonho que não se cumpra, em palacetes à beira-mar, paisagens deslumbrantes atravessadas por iates e carros tão velozes quanto extravagantes.

Porém, à medida que o amor começa a afirmar-se, Laura Biel sente-se cada vez mais amarrada aos sórdidos códigos da máfia. Embora estejam os dois mais próximos do que nunca, novos perigos ameaçam deitar tudo por terra. Até que - Naquele Dia - ela descobre que viver à sombra do homem mais perigoso da Sicília tem um lado profundamente negro. Num mundo implacável, onde não há limites nem piedade, um dia, e um dia apenas, pode deitar tudo a perder.

Atreves-te a ler? Compra

 

Na note! o Dia de Reis comemora-se com boas leituras. Encontra estas sugestões, e muitas mais, em www.noteonline.pt